All posts in "saude"

Suplemento Anti Colesterol

Published in saude - 0 Comments

Suplemento Anti Colesterol

 

COMO HIPERCOLL VAIR TE AJUDA COMO?

 

A semente de uva bastante é rica em antioxidantes e protege nosso corpo de radicais livres, ajudando nossos tecidos e órgãos a se protegerem desses elementos nocivos, diminuindo os riscos de doenças cardiovasculares e controlando de vez os níveis de diabetes.

Resveratrol é simplesmente um composto fenólico produzido naturalmente pela semente de uva com a finalidade de se proteger contra os ataques de fungos, bactérias e outros agentes patógenos. Estudos desenvolvidos mostraram que o consumo pode combater inflamações e até mesmo oferecer proteção contra doenças cardiovasculares e determinados tipos de câncer. O composto também é um aliado na eterna luta contra o envelhecimento, propriedade esta que rendeu ao resveratrol o título carinhosamente chamado de “pílula da longevidade”.

 

HIPERCOLL É PRA VOCÊ QUE DESEJA:

 

  • Quer controlar o colesterol
  • POSSUI PROBLEMAS CARDÍACOS
  • DESEJA MELHORAR A CIRCULAÇÃO SANGUÍNEA

 

O QUE É O SUPLEMENTO NATURAL HIPERCOLL?

 

hipercoll é um suplemento que é composto de ingredientes naturais e antioxidantes que atua no controle dos níveis de colesterol e na prevenção de doenças cardíacas como a hipertensão, entupimento de veias e artérias, AVC e insuficiência arterial, fortalecendo a parede vascular e evitando o acumulo de resíduos que podem causar obstrução. Tem nutrientes que ajudam a diminuir a formação de placas nas artérias, dessa forma consegue ajudar na saúde do coração e também na melhoria da circulação do sangue. Além de proteger as células e destruir os radicais livres que tentam diminuir a imunidade e provocam danos à saúde.

 

OS BENEFÍCIOS DE HIPERCOLL REALMENTE SÃO COMPROVADOS CIENTIFICAMENTE?

 

A fórmula de Hipercoll foi desenvolvido através de estudos comprovados no controle do colesterol e na prevenção de doenças relacionadas ao coração, como a hipertensão. Sua fórmula, que tem como destaque a semente de uva, possui ação poderosa de antioxidantes, benéfico no combate às manchas e rugas da pele, ajudando inclusive a melhorar a circulação sanguínea. Atua na proteção do corpo contra enfermidades. Ajuda ainda a depurar o sangue quando houver um consumo excessivo de medicamentos ou álcool, e a reforçar as paredes dos vasos sanguíneos. A semente de uva mantém a saúde dos olhos, da pele e do cérebro, e melhora ainda a saúde do coração, sendo indicada aos pacientes que sofrem de problemas cardíacos (evita a formação de placas, reduzindo o risco de obstrução das artérias).

 

A SEMENTE DA UVA POSSUI MAIS BENEFÍCIOS QUE REALMENTE A PRÓPRIA FRUTA?

 

Segundo estudos a semente de uva, que muitas vezes descartamos, tem SIM mais benefícios à saúde em relação a fruta em si. Apesar de ser bem pequena, tem uma vasta propriedade de nutrientes a favor do organismo. Rica em antioxidantes, o que faz com que seja muito benéfica contra a ação dos radicais livres, combatendo também o envelhecimento precoce da pele, dos tecidos, dos órgãos e das células, mantendo o corpo jovem.

Suplemento Natural para Dores nas Articulações

Published in saude - 0 Comments

 

O que são as articulações?

 

As articulações, também chamadas de juntas, são estruturas funcionais que fazem o ligamento entre os ossos. Elas são compostas principalmente por cartilagem, membrana sinovial, tendões e ligamentos.

Graças a essas estruturas, nós conseguimos nos mexer, pois elas fornecem a estrutura física para o corpo e possibilitam a execução de uma variedade de movimentos. Além disso, ajudam a diminuir o atrito que pode vir a ocorrer entre os ossos durante a realização de atividades que causam grandes impactos.

 

Podemos fazer uma analogia simples e comparar as articulações com dobradiças de uma porta: se elas estão lubrificadas, funcionam perfeitamente bem. Contudo, quando começam a sofrer algum tipo de dano ou, então, conforme o passar do tempo, vão ficando enferrujadas e perdendo a amplitude de movimentos.

Como consequência, elas se tornam mais resistentes e duras. Veremos, mais para frente, que essa lubrificação é mantida por meio de exercícios físicos e alongamentos.

Infelizmente, muitas pessoas sofrem de dores nas articulações, desde as mais leves até as crônicas, que impossibilitam totalmente o movimento. O fato é que, quanto mais velhos ficamos, maiores são as chances de virmos a sofrer com esse quadro.

 

Como reconhecer a dor nas articulações

 

Com características bem diferentes da dor muscular, a dor nas articulações pode envolver uma ou mais articulações do corpo. Ela pode ou não estar associada ao movimento muscular e ser tão grave que chega a limitar os movimentos. Quem sofre com dor nas articulações relata sintomas que costumam ser muito incômodos, como inflamação, sensação de queimação ou rigidez no local.

Alguns tipos de lesões e diversas doenças podem causar dor nas articulações, como a artrite reumatoide, a bursite e a osteoartrite, muito comum em adultos com mais de 45 anos. A artrite, por exemplo, provoca uma dor difusa comum, que é agravada pelo movimento. Mas a dor nas articulações também pode ser resultado de inúmeras outras doenças que apenas um médico especialista poderá identificar.

 

Dicas para evitar e controlar as dores

 

Como estamos falando de dois tipos de origem da dor, é importante observar os sintomas para entender como prevenir e tratar. Em ambos os casos, você pode seguir algumas dicas importantes para evitar as dores, prevenir problemas futuros com o agravamento do quadro e encontrar alívio:

 

Invista na prática de exercícios físicos

Por falar em exercícios, eles são essenciais para manter o bom funcionamento das articulações, já que promovem o equilíbrio e ajudam a controlar o excesso de peso. As juntas ficam mais flexíveis e têm as funções motoras preservadas quando o corpo está ativo.

 

A hidroginástica e a hidroterapia são indicadas para evitar impacto na articulação já comprometida. Fora da água, exercícios como pilates e RPG, além de alongar, estimulam a mobilização das articulações enrijecidas. A caminhada ajuda a aumentar a mobilidade dos membros inferiores e até dos superiores, se você puder movimentar os braços simultaneamente.

 

Faça alongamento

 

Tanto antes como depois de praticar exercícios, é importante fazer alongamentos porque eles ajudam a evitar as dores após o treino. Mas o hábito de alongar-se pode – e deve – ser incorporado à rotina, com movimentos suaves em várias pausas durante o dia, para manter a flexibilidade do corpo e das articulações. Se você quer utilizar uma solução natural para acabar de vez com as dores nas articulações, nós aqui do blog adesivoslimbr.com recomendamos o suplemento cartilax.

Voltar para Pagina Inicial.

claramento dental duvidas comuns

Published in saude - 0 Comments

Aqui estão as dúvidas mais comuns que você pode ter sobre clareamento dental. Procuramos responder às dúvidas mais comuns Se ainda assim houver alguma pergunta, não deixe de nos escrever nos comentários. Nós iremos responder o mais rápido possível.

 

Por que os dentes escurecem e amarelam?

 

São diversos fatores, a começar pela idade. Ao longo dos anos há uma tendência natural de escurecimento e amarelamento dos dentes. Soma-se a isso também a ingestão de alimentos ricos em pigmentos escuros, hábitos como os de tomar café, o fumo e alguns antibióticos, quando utilizados em grandes doses ou por longos períodos. Algumas características do esmalte podem favorecer esses tipos de manchas, como rugosidade superficial, presença de trincas e sulcos profundos.

 

Vou ter sensibilidade nos dentes se fizer clareamento?

Tudo que é relacionado a dor é algo que depende de vários fatores, e cada pessoa é um caso diferente. A sensibilidade pode sim acontecer em casos de clareamento dental, porém a sensação é passageira e não ocasiona nenhum dano na estrutura dentária.

Nos casos de clareamento em consultório, a sensibilidade acontece, na maioria das vezes, logo após ao clareamento e vai diminuindo com o passar do tempo, geralmente em 24 a 48 horas ela já sumiu. Como nos tratamentos caseiros a concentração da solução clareadora é menor, a possibilidade de ocorrer sensibilidade é menor.

 

O dente clareado pode amarelar novamente?

Sim, pode voltar a amarelar. Mas nunca volta como era antes. O clareamento é um processo muito poderoso. Após 1 a 2 anos pode haver a necessidade de uma manutenção, que vai depender dos hábitos do paciente.

 

Quanto custa, em média, um clareamento dental ?

Um tratamento caseiro custa em média RS 500,00. Em consultório o preço pode chegar a mais de R$2500,00. O preço varia de acordo com o local e nível do consultório além do aparelho utilizado para ativação dos géis.

Um tratamento de alto custo-benefício que recomendamos para quem busca um clareamento dental caseiro é o Bella Branqueador. O seu preço é ótimo e o produto é muito eficiente.

 

Quais são os alimentos e bebidas proibidos durante o tratamento ?

Alimentos ou bebidas pigmentados e cigarros são os principais problemas do clareamento dental, e devem ser evitados durante o tratamento. Exemplos: refrigerante de cola, café, vinho tinto, amora, açaí, chá preto, chocolate escuro, beterraba, cenoura, molho de soja e molho inglês, frutas cítricas entre outras.

veja aqui o clareador dental que nós recomendamos o whitemax.

 

No clareamento dental caseiro é necessário dormir com o gel na boca?

Não. Antigamente só havia uma fórmula de gel, e o clareamento dental caseiro ficou conhecido por ser aquele em que se usa durante o sono por 8 horas. Hoje os tempos mudaram e existem várias fórmulas, que vão desde as mesmas 8 horas até mesmo a géis que só precisam ser usados nas moldeiras por 1 hora por dia. O tratamento caseiro ficou muito mais profissional e muito mais cômodo atualmente.

 

Após o clareamento, por quanto tempo os dentes vão ficar brancos?
O efeito do tratamento dura, em média, de 2 a 3 anos. Mas há estudos revelando que em 43% dos casos os dentes ficam estáveis por mais de 5 anos.

O tempo que vai durar o seu clareamento vai depender basicamente da sua alimentação. Quanto menos alimentos escuros e com corantes estiverem no seu cardápio maior será o tempo de duração de seu clareamento.

Foi feita há alguns anos uma pesquisa com pacientes que fizeram clareamento, e após 5 anos fizeram um comparativo da cor de início com a cor final. A conclusão foi que, em média, houve 20% de perda de cor dos dentes. Ou seja, se numa escala de 1 a 10 a cor inicial dos dentes logo após o clareamento era 1, após 5 anos os dentes estariam na cor 3.

 

Quanto tempo duram as sessões de clareamento dental?

A média de tratamento para um clareamento dental caseiro varia de 2 a 4 semanas (1 a 6 horas por dia), e para o clareamento em consultório varia de 2 a 3 sessões (em torno de 1h30 a 2h cada sessão).

Não existe clareamento dental feito em sessão única. Isso é apenas estratégia de marketing. Mesmo em consultório, uma sessão ainda não é o suficiente para um clareamento completo dos dentes, embora já seja possível notar significativa melhora de cor logo na primeira sessão.

 

Todo dente clareado fica com a mesma cor? O dentes ficam totalmente brancos ?

Não. Alguns dentes não chegam a cor mais branca possível, já que isso varia de pessoa para pessoa. Porém pode-se afirmar com total certeza, que o resultado do clareamente dental é SEMPRE satisfatório com relação ao dente ficar mais claro do que era antes.

No caso do clareamento, usamos uma escala de cores que hipoteticamente vai de 1 a 10. Se um dente está na cor 7 e passa para a cor 2 ou 3, ele melhorou muito, mesmo que não tenha atingido a cor 1. O resultado vai ser bastante satisfatório ao paciente.

 

Usar pastas de dente branqueadora ajuda no tratamento?

Na verdade não. As pastas whitening (que significam “branqueamento” em inglês) não têm o mesmo mecanismo de ação que os clareamentos de consultório e caseiro. Essas pastas contêm partículas abrasivas que danificam a estrutura dos dentes, “raspando” a camada superficial do esmalte junto com as manchas mais superficiais.

O uso diário e prolongado desse tipo de pasta pode fazer com que se tenha o resultado inverso ao pretendido. Com a remoção contínua de esmalte, a dentina, que é a camada abaixo do esmalte e é mais amarelada, fica mais visível, deixando o dente, por consequência, mais manchado.

Outro problema: durante o clareamento dental, o esmalte do dente pode ficar mais frágil, que pioraria ainda mais com o uso dessas pastas. Mesmo assim, as pastas whitening podem ser utilizadas ocasionalmente de forma esporádica, mas não são recomendadas para o uso diário.

 

Quem não pode fazer clareamento dental?

Na verdade não existem contra-indicações. Todos podem fazer o clareamento. Cientificamente, entretanto, recomenda-se evitar apenas por precaução o tratamento em gestantes, lactantes, pessoas com lesões orais importantes, pessoas com hipersensibilidade dentária, com retração gengival, bruxismo e em crianças.

Também não é indicado fazer clareamentos dentais em pessoas que possuam próteses ou restaurações visíveis, já que o tratamento apenas funcionará para dentes vivos, o que ocasionará grande desarmonia de cores ao final do tratamento. Nesse caso, o paciente deve estar consciente que, após o tratamento clareador, talvez tenha que trocar ou retocar as restaurações antigas.

 

Existe uma idade mínima para realizar o clareamento?

Não há contra-indicação específica de acordo com a idade, mas há um consenso entre profissionais da área de que o ideal seria a partir dos 18 anos. Antes disso, o clareamento dental não é indicado nem recomendado, exceto em raras situações.

Crianças e adolescentes possuem restrições que devem ser avaliadas caso a caso. Os dentes têm características histológicas que mudam com a idade. Pacientes têm dentes com perfis histológicos diferentes numa mesma boca. Por isso, o diagnóstico é importante e as diferentes faixas etárias devem receber posologias, concentrações e modalidades de tratamento diferentes.